Instagram já tem uma funcionalidade que evita problemas com direitos de autor

Um dos maiores problemas do uso das redes sociais é o uso de conteúdos (fotografias, vídeos, música ou textos) que estão protegidos por direitos de autor, não podendo, por isso, ser difundidos ou publicados sem o consentimento dos seus detentores.

A rapidez e instantaneidade de plataformas como o Instagram, Facebook ou Twitter leva ao que os seus utilizadores, muitas vezes, tenham a tentação de fazer publicações sem primeiro terem em conta a propriedade desses conteúdos, causando assim um problema legal que não beneficia nunca nenhuma das partes.

Foi a pensar nessa questão que o Instagram passou a disponibilizar recentemente uma função que dá aos utilizadores a possibilidade de removerem as partes do seu conteúdo protegidas por direito de autor, sem que sejam imediatamente removidas as publicações ou mesmo bloqueado o acesso.

Até há pouco tempo, era isso que acontecia: logo que houvesse uma denúncia ou outro tipo de investigação relacionada com uso indevido de material de terceiros, era feita a remoção. Agora, o utilizador recebe uma notificação que o alerta para a existência de um problema e indica as alterações que deverão ser efetuadas para prevenir um eventual bloqueio.

Os grandes beneficiados são os autores de publicações em formato streaming, cujos conteúdos eram removidos do Instagram por completo, quando apenas partes ‒ músicas ou partes de vídeos ‒ infringiam as regras. Podem agora editar ou fazer outro tipo de operações que retirem do seu conteúdo as partes interditas a publicação, mantendo tudo o resto.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin