Pretende um Registo de uma Patente ou um Registo de Marca?

TIRE A SUA DÚVIDA!

A verdade é que ainda hoje, sejam consumidores ou empresários, a maior parte não sabe a DIFERENÇA ENTRE UMA PATENTE E UMA MARCA, ora compare…

Segundo o Instituto Nacional da Propriedade Industrial, “UMA PATENTE É UM DIREITO EXCLUSIVO QUE SE OBTÉM SOBRE INVENÇÕES. Neste contexto, importa explicar que uma invenção é uma solução técnica para resolver um problema técnico específico”, enquanto “UMA MARCA É UM SINAL UTILIZADO PARA IDENTIFICAR E DISTINGUIR OS PRODUTOS OU SERVIÇOS de uma empresa dos produtos ou serviços de outras empresas”.

Facilmente concluímos que uma patente tem de ser substancialmente diferente de qualquer coisa que já esteja patenteada, que já esteja no mercado, tem que TRAZER NOVIDADE E INOVAÇÃO TÉCNOLÓGICA; a título de curiosidade, as primeiras patentes de que se tem notícia datam de 1421 em Florença, na Itália, com Felippo Brunelleschi e seu dispositivo para transportar mármore.

A Marca é apenas a REPRESENTAÇÃO SIMBÓLICA DOS PRODUTOS OU SERVIÇOS DE UMA ENTIDADE, mas não menos importante que a patente, como se pode comprovar com o exemplo da Coca-Cola, que é conhecida por 99% da população mundial, e manteve durante anos a sua posição no topo do ranking das marcas mais importantes do mundo.

Se pretende fazer um registo, e valoriza o seu produto/ serviço ou invenção, aconselhe-se com profissionais em Propriedade Industrial.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin